VELHA GUARDA DÁ AULA DE SURFE!

Jojo De Olivenca

Jojo De Olivença Fotos Marcio David

Guga Arruda

Guga Arruda

Gran Master

Gran Master

Gran Kahuna

Gran Kahuna

Fabio Gouveia

Fabio Gouveia

As feras soltas

As feras soltas

DSC_0114 DSC_0099 DSC_0038

Diego Rosa

Diego Rosa

Bacana

Bacana

Adriano Lemos

Adriano Lemos

 

 

A primeira etapa do Circuito The Legends Vida Marinha foi finalizada com sucesso neste domingo (26), em um dia com muito sol e boas ondas no Canto dos Molhes de Laguna/SC, onde alguns dos principais competidores dos primórdios do surfe brasileiro deram uma aula de surfe de borda para as novas gerações.

O surfista Legend Guga Arruda falou um pouco sobre as condições do mar durante o evento: “altas ondas nos Molhes de Laguna, a onda perfeita, lembrando a Califórnia, lembrando ondas de qualidade internacional. A gente sabe que este pico tem altas ondas, e poder surfar este pico sem crowd realmente é uma oportunidade privilegiada, que vem abrilhantar ainda mais o evento”.

Conforme o Legend Local Marcelo Massi (Chelo), grande competidor nas décadas passadas, “Laguna não pode, jamais, ser esquecida do cenário brasileiro do surfe, afinal de contas o Cardoso é o lugar que mais quebram Ondas Grandes por ai e é em Laguna, a gente tem 16 praias para o surfe, com de qualidade de alto nível, então, eu só posso dizer pra vocês, não crowdeia muito, mas venha para Laguna!”.

Infelizmente durante as semifinais e finais, o tradicional vento nordeste da região começou a soprar, atuando como maral nos Molhes e prejudicando a formação das ondas, mas, mesmo assim, os atletas mostraram muita experiência e conseguiram proferir um ótimo surfe.

 

A COMPETIÇÃO

           

GRAND KAHUNA (acima 50 anos): Na categoria mais admirada do Circuito, onde estão participando os maiores Legends do evento (atletas mais velhos), compuseram a grande final Jojó de Olivença (Bahia), Carlos Santos (Imbituba/SC), Saulo Lyra (Balneário Camboriú/SC) e Steward Dean (Florianópolis/SC).

Segundo Jojó de Olivença, “o nível da Grand Kahuna daqui está mais elevado do que o nível da Grand Kahuna do outro Circuito Brasileiro. O evento é uma referência, a ser aplicado no Brasil inteiro”.

Jojó seguiu falando que “o nível de surfe aqui, essa confraternização, este espírito amistoso, de família, é isso que a nova geração precisa aprender, precisa agregar na sua bagagem, esse espírito, feeling do surfe!”.

Carlos Santos mostrou que de fato é um atleta muito competitivo, e liderou a bateria desde o início. Faltando apenas 1 minuto para o término, Jojó de Olivença, com um surfe muito fluído, pegou uma onda boa, virou a bateria e se consagrou o grande Campeão! Saulo Lyra ficou com a terceira colocação e Steward Dean na quarta. No pódio, Jojó agradeceu a Deus por ter saúde e poder continuar surfando.

 

 

Kahuna

Kahuna

Stewson Crippa

Stewson Crippa

Silverio Jorge

Silverio Jorge

Rodrigo Dorneles

Rodrigo Dorneles

Rodrigo Dorneles

Rodrigo Dorneles

Rodrigo Dorneles

Rodrigo Dorneles

MDioLegends_MDavid_0001

Marcos Cabral

Marcos Cabral

Marcio Leal

Marcio Leal

458df7d9-2277-4285-a1c1-2cb096d4734f

Staff do GRAND MASTER

 

GRAND MASTER (acima 40 anos): Nesta categoria a final também foi constituída por grandes nomes, como o gaúcho Rodrigo “Pedra” Dorneles, o renomado Guga Arruda (Florianópolis), seu conterrâneo Adriano Lemos e Klinger Peixoto (Alagoas).

Adriano Lemos confirmou a ótima fase em que se encontra (venceu as duas últimas etapas do Circuito Catarinense) e foi o grande vencedor da bateria, com um surfe muito sólido, deixando as grandes lendas Rodrigo “Pedra” Dorneles (2°), Guga Arruda (3°) e Klinger Peixoto (4°) com as demais posições.

“Muito feliz em competir aqui em Laguna, a galera de todo Brasil aqui, a um nível alucinante, todos de parabéns! Apesar de ter acontecido essa chuva de sexta-feira e tudo mais, no final deu tudo certo! Amarradão! Campeão!”, fala Adriano logo após o término da bateria.

 

KAHUNA (acima 45 anos): Fábio Gouveia (Paraibano erradicado em Florianópolis) e Dalmo Meireles (Bahia) uniram-se a dois surfistas que já tinham feito final no dia, Guga Arruda e Jojó de Olivença. Guga Arruda liderou desde o início da bateria, com um surfe muito veloz em sua prancha Power Light quadriquilha, tornando-se o grande Campeão da categoria.

Jojó de Olivença quase repetiu o feito da categoria Gand Kahuna, e desta vez aos 50 segundos para o término de bateria, quando pegou uma onda boa, saindo da quarta colocação, porém faltando conquistar muito pouco para se tornar o Campeão (acabou ficando em 2°). Dalmo Meirel ficou em 3° e o mestre Fabinho Gouveia em 4°.

Guga Arruda estava emocionado após o resultado, e falou que “é uma honra muito grande ganhar do Jojó de Olivença, do Fábio Gouveia, que são os meus ídolos, os meus mestres, os meus professores de surfe de competição, uma honra muito grande, uma felicidade muito grande, eu venci vários campeonatos em minha carreira profissional, mas eu posso dizer que ganhar destes Legends é bom demais! Obrigado Senhor! Parabéns a todo mundo que fez esse trabalho acontecer! Obrigado!”.

No pódio ele seguiu falando: “é uma honra muito grande correr um campeonato tão legal quanto esse, tão especial no que diz a respeito à amizade, à confraternização, à valorização do nosso esporte. Posso dizer a vocês que essa é umas das baterias de mais alto nível técnico da minha vida, ganhar desses caras aqui é difícil e é a realização de um sonho”.

 

            MASTER (cima 35 anos): A categoria Master, por contar com os atletas mais novos do Circuito, é considerada a categoria mais difícil, porém neste Circuito os atletas das categorias mais velhas também participaram e se destacam. Na final participaram dois lagunenses erradicados em Florianópolis (Raphael Becker e Stewson Crippa), o gaúcho Rodrigo “Pedra” Dorneles e Gabriel Piccoli (Florianópolis).

Confirmando o resultado da última etapa de 2018 na praia do Rosa, o gaúcho foi o grande Campeão da categoria. Rafael Becker estava em 3° e precisava da nota 6,31 para ser o grande Campeão. Aos 25 segundos do término da bateria, pegou uma onda e fez 6 pontos, subindo para a 2° colocação, mas não ultrapassando o somatório do “Pedra” Dorneles, que em 2007 foi o melhor brasileiro no ranking final do WCT da WSL (World Surf League).

“Esse Circuito é demais! Corri no ano passado, na última etapa, foi muito legal, vamos repetir este ano, se der pra correr, vou correr todas elas”. Após parabenizar os envolvidos, Dorneles sentiu-se comovido pelo estrago que o ciclone fez na estrutura do evento e na cidade na sexta-feira, e com a superação de todos envolvidos, e falou: “a gente chegou sexta-feira, não tava fácil, a cidade estava em baixa d`água, então, todo mundo está de parabéns ai!”.

UMA CORONA E UM TACO, POR FAVOR

Junto ao evento, a Cerveja Corona instalou um bar na sede da ASL (Associação de Surf de Laguna), onde ofereceu, além da Corona, a cerveja artesanal havaiana Kona. Para combinar com o “style mexicano” da Corona, o restaurante local El Chicano também ofereceu lanches e pratos típicos do México e do Texas para o público presente no evento.

 

O CIRCUITO

Apresentado pela CERVEJA CORONA, o Circuito é composto por 4 etapas, realizadas em algumas das melhores praias para o surfe em Santa Catarina. As próximas etapas acontecerão em 27 e 28 de julho (Garopaba); 19 e 20 de outubro (São Francisco do Sul); 14 e 15 de dezembro (Florianópolis).

Como premiação, o Circuito distribuirá um total de R$10.000,00 em dinheiro por etapa, além de somar 1.000 para o Ranking Brasileiro Master Profissional da ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional).

 

PARCEIROS

            Patrocínio: Vida Marinha. Apresentação: Corona. Copatrocínio: Banana Wax; Kbral Auto Center; Prefeitura Municipal de Laguna.Apoio: Hotel e Restaurante Atlântico Sul; Hotel Renascença; Hotel Mar Grosso; Studio Zero Agência de Marketing; Restaurante Pardal’s; Restaurante El Chicano; Sul Internet. Ações Socioambientais: Meu Copo Eco; ONG Eco Local Brasil; Carbo Brasil; Polícia Ambiental de Laguna; Marinha do Brasil; Açaizero; SEPAGRI Produção: Swell Eventos; Match Sports. Realização: ASL; ASTFSM. Supervisão:FECASURF; ABRASP.

 

Confira os melhores momentos de domingo, pelas lentes do Fotógrafo Marcio David.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

dezessete − 8 =