Tatiana Weston-Webb faz testes no COB

Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (1) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (2) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (3) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (4) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (5) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (6) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (10) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (11) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (17) Tati-COB-Bernardo_Otero-COB (18) Tati-Cob-divulgacao (1)

FOTOS DIVULGAÇÃO: BERNARDO OTERO/COB

FOTOS DIVULGAÇÃO: BERNARDO OTERO/COB

 

 

Tatiana Weston-Webb faz testes no COB e

fala da expectativa de medalha em Tóquio

 

Primeira surfista do Brasil garantida nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Tatiana Weston-Webb aproveitou a folga no calendário de competições para um compromisso mais do que importante e ligada à estreia olímpica. Nesta quinta-feira (31) ela visitou o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e fez testes físicos e médicos no Laboratório Olímpico da entidade, no Parque Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

“Vim aqui no COB para fazer os testes para ver o que posso melhorar, o que sou boa. É muito importante porque já estou pensando nos Jogos Olímpicos e temos de saber qual e como será a melhor preparação”, disse Tati, atual sétima melhor do Mundo e que vem do excelente terceiro lugar na etapa de Portugal do Championship Tour (CT), onde teve a sua vaga olímpica anunciada.

Durante os testes, Tati compartilhou o laboratório com outras atletas olímpicas – Iêda Guimarães, do pentatlo moderno, Ágatha e Duda, do vôlei de praia, também com vagas garantidas para Tóquio. “O Brasil sempre foi um País que teve esportes mais legais para assistir, como judô, volêi de praia. Eu estava acostumada a só treinar com surfistas e estar ao lado de atletas de outros esportes foi fora do normal. Me inspirou muito. Todo mundo está nesse caminho para os Jogos, para dar o máximo e foi legal estar com elas”, contou.

Tati também falou do sentimento de vestir a camisa do Brasil. “Fico orgulhosa, é uma honra representar o meu país. Vou dar meu máximo para tentar o ouro no Japão, podem ter certeza”, relatou a atleta, que também é a quarta colocada no ranking QS e hoje compete com os patrocínios de Oi Telefonia, TCL Eletrônicos, Body Glove, Rockstar, Youtheory e Sharpeye.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

18 − 1 =