Samuel Pupo vence Rip Curl Grom Search

Samuel Pupo - Foto Basilio Ruy

Samuel Pupo – Foto Basilio Ruy

 

Em busca do bicampeonato mirim e do seu quinto título no Circuito, o paulista Samuel Pupo foi um dos grandes destaques na abertura do Rip Curl Grom Search, encerrada neste domingo (8), na Praia da Ferrugem, em Garopaba/SC. O surfista de São Sebastião, de apenas 14 anos, garantiu a maior somatória do evento, com 17,95 pontos de 20 possíveis, não deixando dúvidas do favoritismo na principal categoria do evento, para surfistas com até 16 anos.

Além de sua vitória, o que se viu foi um verdadeiro show de surf, com atuações de alto nível nas quatro categorias em disputa e também no Tag Team GoPro. Das quatro finais individuais, duas ficaram para os paulistas, com Diego Aguiar, de Ubatuba, faturando a grommet (até 12 anos), e duas para os catarinenses, em decisões emocionantes, definidas nos últimos instantes.

A pequena Tainá Hinckel, da Guarda do Embaú, que só tem 11 anos, foi a melhor na feminina (também com limite de 16 anos) e Leonardo Barcelos, de Imbituba, levou a melhor na iniciante (sub 14). Outro destaque foi o paulista Kauê Germano, também de São Sebastião, que chegou em duas decisões, sendo vice na mirim e na iniciante, e ainda garantiu a maior nota do final de semana, um 9,65.

A competição, com praia lotada, sol e ondas de um metro, abriu o Circuito, que definirá os dois representantes brasileiros para a final internacional do Rip Curl Grom Search, em 2016. Foram 112 surfistas, do Sul ao Nordeste, incluindo atletas da Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Junto às disputas nas ondas, o evento contou com diversas atrações na areia, como brincadeiras e ações socioambientais, confirmando o slogan “Muito mais do que um campeonato de surf”.

Mas, sem dúvida, o grande destaque ficou para a presença do campeão do WCT, Gabriel Medina, da equipe Rip Curl e único brasileiro, até hoje, que faturou a final internacional do Grom Search, em 2010, na Austrália, antes de iniciar sua trajetória de sucesso na elite mundial. Antes de embarcar para o Havaí, o melhor do Mundo visitou a garotada no sábado e relembrou os tempos de amador, quando faturou todas as categorias no Circuito.

Desde o sábado, a nova geração mostrou um surf de “gente grande” em todas as disputas. A primeira decisão no mar foi o Tag Team GoPro, com a equipe “Outros Estados” sendo a primeira colocada com grande vantagem de quase dez pontos sobre o Nordeste, principalmente pela grande atuação de Kauê Germano, que tirou o 9,65 e ainda dobrou a nota, por ser o “coringa” do time, também composto pelo potiguar Thomaz Carvalho, a carioca Raissa Fernandes e o catarinense Noah Machado. A equipe de Santa Catarina ficou em terceiro e a de São Paulo, em quarto.

Na final da grommet, Diego Aguiar garantiu as duas melhores notas da bateria, primeiro com um 6,5 e para não deixar dúvidas, um 8,5, vencendo o catarinense Luiz Mendes, o paraibano Kauã Palmeira e Leo Casal, também de SC. “Estou muito feliz com a minha primeira vitória no Rip Curl Grom Search. O mar estava animal e peguei altas ondas. É isso aí, felizão”, vibrou o vencedor, de 11 anos.

 

 

 

VIRADA – Na categoria iniciante a final foi “eletrizante”, com viradas de resultados entre Leonardo Barcelos e Kauê Germano. O surfista paulista garantiu um 8,75 e depois um 5,65 e parecia estar com a vitória na mão, mas o atleta catarinense, que tinha um oito, tirou um 7,10 e assumiu a ponta. Kauê deu o troco com um 7,20 e nos instantes decisivos Leo comemorou a vitória com um 8,55, para descartar o 7,10 e somar 16,55 contra 15,95.

Wallace Vasco ficou em terceiro e Thomaz Carvalho foi o quarto. “É um sonho realizado! Este é um campeonato irado. Muitos dos meus ídolos como o Gabriel Medina e o Filipe Toledo já passaram por este evento. Começar o ano assim, me deixou muito feliz”, disse Leonardo, que completou 14 anos no sábado.

 

Leonardo Barcelos - Foto Basilio Ruy

Leonardo Barcelos – Foto Basilio Ruy

 

TAINÁ – Na disputa feminina, novamente vitória catarinense e de virada na última onda. A carioca Luara Thompson abriu a final com um 7,25 e depois ampliou a vantagem, parecendo estar com o placar resolvido. Tainá, que tinha um 6,25, pegou uma onda no último minuto, precisava de 6,76 para vencer e, quando já estava na areia, ouviu do locutor Klaus Kaiser, que a nota foi 7,10, para erguer a taça, ficando surpresa.

No resultado, a surfista catarinense ficou com 13,35 contra 13,0 de Luara, com a paulista Louise Frumento em terceiro e a cearense Yanca Costa em quarto. “É muito legal, porque é a primeira vez que estou competindo no Rip Curl Grom Search e fui lá e dei o meu máximo, já que tinha perdido na grommet contra os meninos, mas me esforcei bastante e o resultado veio como consequência”, comemorou Tainá, única menina a enfrentar o sexo oposto no evento, ficando na semi da grommet e mostrar seu talento.

 

Tainá Hinckel - Foto Basilio Ruy

Tainá Hinckel – Foto Basilio Ruy

 

MIRIM – A final mirim também apresentou um excelente nível técnico, mas foi tranquila para Samuel Pupo. O irmão do top do WCT, Miguel Pupo e vizinho de Gabriel Medina abriu a bateria logo com um 8,5. Pouco depois da metade, fez um 9,25, sem deixar dúvidas, e para completar ainda aumentou a liderança com um 8,70, para somar incríveis 17,95.

Kauê Germano novamente foi bem, ficando em segundo, com os catarinense Guilherme Vilas Boas e Anderson Júnior completando o pódio e mostrando a força dos dois estados no evento. “Escolhi as ondas certas e consegui acertar as manobras sem errar. Estou muito feliz de poder estar aqui com a minha família junto e agora vamos ficar uma semana por aqui para aproveitar as boas ondas e curtir com a galera”, festejou Samuel, que este ano será o representante brasileiro na final internacional do Rip Curl Grom Search, no final de abril, na Praia de Maresias.

 

Diego Aguiar - Foto Basilio Ruy

Diego Aguiar – Foto Basilio Ruy

 

AÇÕES – Vale lembrar que os participantes do evento foram convidados a participar da tradicional confraternização, no sábado à noite, na pista de skate da Sul Nativo. Além disso, os atletas se divertiram com pipas, cama elástica, puderam pintar suas pranchas com o artista plástico Marcello Macarrão. Outras duas iniciativas importantes foram a doação de mudas nativas e a arrecadação de alimentos nas inscrições para doação à Associação Comunitária da Ferrugem.

“Este foi um final de semana super bacana, com altas ondas, muito sol e praia cheia. O campeonato foi muito bom. Tivemos a presença do campeão mundial Gabriel Medina, que foi a grande atração desta etapa.  O evento também teve muitas atividades como as pinturas nas pranchas com o artista Marcello Macarrão, as pipas, a distribuição de mudas de árvores nativas, gincanas de microlixo, a cama elástica, que divertiu bastante a molecada, e foi tudo perfeito”, avaliou Fernando Gonzalez, do marketing da Rip Curl no Brasil.

 

Luiz Mendes - Foto Arquivo pessoal

 

PRÓXIMA – Agora, o Rip Curl tem a segunda etapa nos dias 7 e 8 de março, na Praia do Tombo, em Guarujá/SP, onde serão definidos os títulos da grommet e iniciante. Já a mirim e feminina terá a decisão na Praia de Maresias, antes da final internacional, reunindo os seis melhores de cada categoria, como convidados. Para acompanhar os resultados completos, acesse www.ripcurl.com.br.

O 16º Rip Curl Grom Search é uma realização da Rip Curl, com patrocínios das lojas Sul Nativo e Overboard. Apoios: Jandaia, Skullcandy, GoPro, OHP Surfboards, Skygraf, prefeituras municipais de Garopaba e de Guarujá. Supervisão: Confederação Brasileira de Surf, Federação Catarinense de Surf e Federação Paulista de Surf. Divulgação: FMA Notícias e cobertura da Revista Fluir e portal Waves.

 

Gabriel Medina chega escoltado ao Rip Curl Grom Search na Praia da Ferrugem, Garopaba, (SC). Foto: Vinicius Sá Moura.

Gabriel Medina chega escoltado ao Rip Curl Grom Search na Praia da Ferrugem, Garopaba, (SC). Foto: Vinicius Sá Moura.

 

RESULTADOS:

 

 

MIRIM

1 Samuel Pupo (SP)

2 Kauê Germano (SP)

3 Guilherme Vilas Boas (SC)

4 Anderson Júnior (SC)

 

FEMININA

1 Tainá Hinckel (SC)

2 Luara Thompson (RJ)

3 Louise Frumento (SP)

4 Yanca Costa (CE)

 

INICIANTE

1 Leonardo Barcelos (SC)

2 Kauê Germano (SP)

3 Wallace Vasco (SC)

4 Thomaz Carvalho (RN)

 

GROMMET

1 Diego Aguiar (SP)

2 Luiz Mendes (SC)

3 Kauã Palmeira (PB)

4 Leo Casal (SC)

 

TAG TEAM GOPRO

1 Equipe Outros estados – Kauê Germano/SP, Thomaz Carvalho/RN, Raissa Fernandes/RJ e Noah Machado/SC

2 Nordeste

3 Santa Catarina

4 São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

3 × 3 =