Oceano vai patrocinar o Mundial em Floripa

Galera, olha que irado. A marca Oceano de Joinville vai patrocinar uma etapa do mundial na praia da Joaquina em Floripa. A informação está no facebook da Fecasurf e da Oceano. Semana que vêm mais informação.

 

Divulgação Oceano

“Tenho o prazer de compartilhar com todos vocês que a marca surfwear do mundial, é Catarinense e é de Joinville. Obrigado pela confiança no nosso trabalho Affonso além do amador agora o mundial. Parabéns família Oceano. Frederico Leite, presidente da Fecasurfe.

 

“Rapaziada.  É com muita satisfação e alegria que comunicamos que a Oceano Surf Wear irá patrocinar o WQS, evento ASP 6 estrelas masculino e 5 estrelas feminino na capital do surf brasileiro, praia da Joaquina em Florianópolis do dia 18 a 25 de outubro”. Oceano Surfwear

 

Perna brasileira de fim de ano

A ASP South America anunciou o retorno da “perna brasileira de fim de ano” com três etapas seguidas do ASP Qualifying Series masculino e feminino nos meses de outubro e novembro. A Federação Catarinense de Surf (FECASURF) confirmou a estreia do Santa Catarina Pro com etapas do ASP 6-Star masculina e ASP 5-Star feminina nos dias 18 a 25 de outubro em Florianópolis, marcando a volta da Praia da Joaquina ao Circuito Mundial da ASP.

A Dendê Produções também oficializou a reedição do Mahalo Surf Eco Festival no litoral sul da Bahia, incluindo a categoria feminina com uma etapa do ASP 4-Star como a masculina para os dias 27 de outubro a 2 de novembro na Praia da Tiririca, em Itacaré. E o São Paulo Prime de 250 mil dólares e 6.500 pontos já estava garantido no calendário, para os dias 3 a 9 de novembro na Praia de Maresias, na casa do líder do ranking mundial, Gabriel Medina, em São Sebastião, no litoral norte paulista.

Durante muitos anos, o Brasil era a última parada antes do encerramento da temporada na Tríplice Coroa Havaiana. As etapas promovidas pela ASP South America foram decisivas e superimportantes para os brasileiros conseguirem confirmar em casa suas classificações para a elite mundial do WCT, sem depender de resultados nas sempre difíceis e concorridas etapas do Havaí. A última “perna brasileira de fim de ano” com três etapas importantes seguidas do ASP 6-Star aconteceu em 2010. Em 2011 ainda tiveram duas, mas em 2012 e 2013 nenhuma prova do ASP Qualifying Series foi realizada no Brasil nos meses de outubro e novembro.

“É gratificante poder trazer de volta ao Brasil estes importantes torneios do Qualifying Series da ASP”,disse Roberto Perdigão, diretor da ASP South America. “Estas novas etapas  do calendário masculino e feminino aumentam substancialmente as chances dos surfistas lutarem por uma vaga para o ASP World Tour de 2015,  já que fora as duas ultimas etapas Prime no Hawaii,  não haviam outros eventos de peso no segundo semestre  onde os surfistas pudessem assegurar uma melhor classificação para o WCT”.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

2 × três =