Maya Gabeira entra para o Guinness Book

 

 

By João Carvalho

 

A World Surf League anunciou oficialmente nesta segunda-feira, que a brasileira Maya Gabeira conquistou o primeiro prêmio do Women´s XXL Biggest Wave Award e estabeleceu uma nova marca a ser registrada no Guinness World Records, com a maior onda surfada por uma mulher. A carioca de 31 anos de idade, completou uma onda medindo 68 pés, ou 20,72 metros de altura da crista até a base, no dia 18 de janeiro deste ano no infame pico de ondas gigantes da Praia do Norte, em Nazaré, Portugal.

“Estabelecer o recorde mundial tem sido um sonho e um desejo meu há muitos anos”, disse Maya Gabeira. “Mas, claro que após aquele acidente que sofri nessas mesmas ondas de Nazaré em 2013, o sonho parecia ter ficado muito distante. Eu trabalhei bastante durante toda a temporada no ano passado, para estar 100% pronta de novo. Então, conseguir o recorde mundial é muito especial para mim”.


Foto: @WSL / Pedro Mestre

O incrível feito de Maya Gabeira não veio sem desafios. Em 2013, ela quase morreu afogada após cair em uma onda gigantesca em Nazaré e foi salva por alguns big-riders brasileiros que também estavam na praia no dia deste acidente. Mas, sua determinação inabalável trouxe-a de volta à onda monstruosa e perigosa da Praia do Norte. Não só para surfar novamente, mas para estabelecer um novo recorde feminino de maior onda surfada em todos os tempos.

“Eu posso dizer, honestamente, que em 2013, quando cheguei à Nazaré, minha vida mudou totalmente”, continuou Gabeira. “Claro, houve um acidente, ferimentos e tudo o mais, mas decidi me mudar para morar em Nazaré, para ficar mais perto dessa onda. Dediquei a maior parte do meu tempo a essa praia, me concentrando em melhorar o meu surfe aqui, na segurança e em estar perto das melhores pessoas, para chegar onde eu queria estar. Aprendi bastante e aos poucos voltei a surfar 100% essa onda, que eu considero a maior e mais desafiadora que já surfei na vida”.

“Parabéns a Maya Gabeira por sua conquista notável e impressionante”, disse a CEO da World Surf League, Sophie Goldschmidt. “Ela exemplifica a coragem, o comprometimento e a evolução das atletas do sexo feminino em todo o mundo e estamos muito orgulhosos em celebrar hoje (segunda-feira), que Maya Gabeira é a nova detentora do título de maior onda surfada por uma mulher no GUINNESS WORLD RECORDS”.


A onda do recorde de Maya Gabeira fotografada por Bruno Aleixo

A conquista foi anunciada em uma cerimônia especial no famoso farol que vigia as ondas da Praia do Norte, em Nazaré. Um adjudicador oficial do Guinness World Records entregou a Maya Gabeira, um certificado declarando-a como a atual detentora do recorde de maior onda surfada por uma mulher. O recorde mundial feminino remonta à história do surfe, mas as principais foram Paige Alms, duas vezes vencedora do Big Wave Tour, Justine Dupont, Keala Kennelly, Andrea Moller e a ícone do surfe havaiano, Bethany Hamilton.

Normalmente, o Big Wave Awards da World Surf League declara as maiores e melhores ondas do ano, durante uma cerimônia especial realizada no mês de abril. Como esta foi uma situação especial da maior onda surfada até hoje em toda a história do esporte, Maya Gabeira foi premiada em um cenário único no início da temporada de ondas grandes do inverno.

O Big Wave Awards de 2019, em abril, agora vai passar a premiar duas novas categorias: o prêmio XXL Biggest Wave, para mulheres surfando com auxílio dos jet skies, e o prêmio Women´s Biggest Paddle, para as ondas surfadas apenas com a força dos braços.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensesn, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

———————————————————–

Versão do texto em inglês da World Surf League:

João Carvalho – WSL South America Media Manager

(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

um + doze =