Búzios define campeões do Rip Curl Grom Search

Sophia - Foto MARCIO DAVID

Sophia – Foto MARCIO DAVID

Eduardo Motta - Foto MARCIO DAVID

Eduardo Motta – Foto MARCIO DAVID

Heitor Mueller - Marcio David (3)

 Foto MARCIO DAVID

Foto MARCIO DAVID

DESTAQUE FICA PARA AS CATEGORIAS MIRIM E FEMININA, VALENDO VAGAS PARA

A FINAL INTERNACIONAL DO EVENTO, COM AS VIAGENS PAGAS PELA RIP CURL

                                                                                                                                                               

A Praia de Geribá, em Búzios, no Rio de Janeiro, será um dos principais cenários do surf brasileiro neste início de ano. O famoso pico na região dos Lagos receberá a 2ª e decisiva do Rip Curl Grom Search 2018, apresentado por Guaraná Antarctica, reunindo os melhores surfistas do Brasil, com até 16 anos de idade. O destaque fica para as categorias mirim e feminina (ambas sub16), valendo vagas para a final internacional do evento, em algum lugar do Mundo, com as viagens pagas pela Rip Curl.

Sem dúvida, um grande atrativo e que já teve grandes nomes do surf brasileiro como protagonistas. O principal deles, Gabriel Medina, que despontou para a carreira internacional justamente com o título em 2010, na Austrália. Exemplos não faltam, tanto no Brasil, com Filipe Toledo, Samuel Pupo, por exemplo, quanto no exterior, com a bicampeã mundial Tyler Wright e seu irmão Owen.

Também estarão em ação as categorias iniciante (sub14) e grommet (sub12). As inscrições ainda seguem abertas e os atletas que querem competir devem enviar e-mailinscricao@fpsurf.com.br, citando nome de competição, estado de residência, categoria que vai competir, além de anexar cópia do documento de identidade com foto e a carta de autorização, preenchida e assinada pelo responsável legal do atleta – fazer o download no link https://goo.gl/dNVaqT.

Os atletas receberão a confirmação via e-mail, validando os dados e informando o prazo para pagamento. A taxa é de R$ 110,00 por atleta e categoria. Serão aceitos somente pagamentos via transferência eletrônica pela internet ou na boca do caixa, em dinheiro. O depósito deve ser feito para Banco Itaú, agência 0245, cc 09289-5, para Silvio da Silva, CPF 886.205.148-49. Vale lembrar que todos os atletas deverão entregar um quilo de alimento não perecível junto ao beach marshall em sua primeira apresentação na competição.

DESEMPATE – Na etapa inicial, o domínio foi paulista, com vitórias do guarujaense Eduardo Motta, na mirim, e das sebastianenses Sophia Medina, na feminina; Caio Costa, na iniciante; e Guilherme Fernandes, na grommet. Como neste ano o Circuito terá duas etapas, a organização já definiu o critério de desempate no caso de dois ou mais atletas terminarem com a mesma pontuação no ranking: serão consagrados campeões os competidores que obtiverem o melhor resultado na disputa em Búzios.

Na mirim e feminina, a premiação especial contará – para cada um – com passagens aéreas ida e volta para competir na final internacional, em local e data a definir, em 2019. “A passagem é individual, intransferível e não poderá ser trocada por dinheiro ou qualquer outro tipo de prêmio”, informa o regulamento oficial do Rip Curl Grom Search 2018.

“A passagem está condicionada à confirmação e participação do/da atleta na final internacional do Rip Curl Grom Search, em 2019. Além da passagem aérea, a Rip Curl será responsável pela acomodação e alimentação dos dois surfistas durante o período de disputas do evento. A Rip Curl não se responsabilizará pelos documentos necessários (passaporte e vistos), bem como os custos de viagem de possíveis acompanhantes, como pais e técnicos”, explica a regra.

O Rip Curl Grom Search 2018, apresentado por Guaraná Antarctica, tem os patrocínios de lojas Pró Ilha e 900 Graus, com apoios de Jandaia, Pousada Vila Pitangola, Pousada da Ilha, Pousada Sombrero Verde, Hotéis Villa Real,  prefeituras de São Francisco do Sul e Búzios. Supervisão da Fecasurf e Feserj com assessoria de imprensa da FMA Notícias e cobertura do NOB.

 

RANKING APÓS A 1ª ETAPA

CATEGORIA MIRIM (SUB16)

1 Eduardo Motta – SP – 1.000 pontos

2 Wallace Vasco – SC – 900

3 Kainan Meira – PR – 810

4 Caio Costa – SP – 729

 

CATEGORIA FEMININA (SUB16)

1 Sophia Medina – SP – 1.000 pontos

2 Lanai Henrique – SC – 900

3 Júlia Duarte – RJ (SP) – 810

4 Pamella Mel – SP – 729

 

CATEGORIA INICIANTE (SUB14)

1 Caio Costa – SP – 1.000 pontos

2 Heitor Mueller – SC – 900

3 Sunny Pires – RJ (SP) – 810

4 Gabriel de Souza – SP – 729

 

CATEGORIA GROMMET (SUB12)

1 Guilherme Fernandes – SP – 1.000 pontos

2 Murillo Coura – SP – 900

3 Ryan Coelho – PR (SP) – 810

4 Davi Glazer – SC – 729

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

10 − 1 =