O SURF É DESUNIDO

Screenshot_6

 

O SURF É DESUNIDO

Somos conhecidos e reconhecidos pela união, pela amizade, por sermos “Brothers”… mas se pegarmos uma lupa e ver mais de perto, temos muito o que mudar.

 

 

PRECONCEITO INTERNO

Uma história rápida: Certa vez, estou eu em minha casa de praia, onde estava um amigo meu passando uns dias. O cara pega altas ondas, manda bem. No primeiro dia, nada de onda. Segundo dia, nada de onda, apenas aquele meio metrinho gordo. E ele agoniado. E eu? Curtindo! Peguei meu pranchão e ia pra água….todo dia! Passados 3,4,5 dias e nada de onda. E eu sempre falando: “Pega meu pranchão cara, vai lá”. E eu sempre recebia a mesma resposta: “Não…de pranchão não. Não curto.” Até o dia que ele não aguentou mais e foi, com todo seu preconceito, pegou meu pranchão e foi pra água. Sabe qual foi o resultado? No dia seguinte ele estava com um pranchão zerado. Passou numa surf shop e comprou. Fiquei surpreso e ele viu a minha cara de surpresa e foi onde ele falou: Cara, pranchão é legal demais!

O que tem de errado com o pranchão? O que passa na cabeça dessa galera que se não for de pranchinha, não tem surf? Para mim, surf é surf, independente do tamanho de prancha. Escrevo isso porque essa situação não foi a primeira e nem será a última que eu vou presenciar. Tem gente que realmente prefere não surfar do que entrar no mar de pranchão… Cara, tenho pena de ti! Esse meu amigo é uma prova disso, perdeu 5 dias de ondinhas, de diversão, de curtição…de surf!

Existe muito preconceito dentro do surf, entre categorias, entre surfistas… já reparou?

 

Fotos reproduções internet

Fotos reproduções internet

 

CATEGORIZAÇÃO BURRA

Você até vê uma barca entre surfista de pranchinha e longboard, mas geralmente e geralmente mesmo, as barcas são categorizadas. Quem pega onda de longboard, vai com a galera do longboard, quem pega onda de pranchinha só chama quem pega onda de pranchinha. E os bodyboardes? Ah, esses são os excluídos, imagina convidar um cara que pega onda de bodyboard… fala sério! O que vão pensar de mim se sair do meu carro um bodyboarder? Cara, qual é o problema?

O fato é que somos preconceituosos em nosso esporte, categorizamos os nossos “Brothers” e isso não faz nenhum sentido. Todo preconceito é burro mas esse tipo é horrível porque somos iguais quando estamos na água, sofremos os mesmos perrengues, caldos, temos a mesma vibe tão admirada por quem não surfa. O que você tem contra as outras categorias do surf que não é a sua categoria? Me explica, por favor? Você consegue?

 

LÁ VAI A PERGUNTA:

A minha provocação é para a reflexão do que acontece todos os dias e que passa despercebido. A pergunta que fica é: Quem surfa de pranchinha é melhor que quem surfa de pranchão ou de bodyboard? Ou melhor, quem não surfa na mesma categoria que você, não merece seu respeito, amizade ou convites para uma barca? Porque? Você consegue responder?

 

14 comentários

  1. Flavinha/Santos
    Autor

    Galera das pranchas é o pior.. Pensam que só eles são surfistas.. Belo texto Marcelo!!

  2. Thiago Vanessa Arthur
    Autor

    Na real o surf tinha quer ser uma brincadeira uma diversão pra todos sem estresse. Mas tem uma rapaziada que acha que está disputando uma bateria

  3. Jean Silva
    Autor

    Cabrero os nativo que se puder até agride o cara por uma onda, o mar não para, outras virão #paz

    • Jean,
      Nem quis entrar no mérito do localismo,que é algo muito sério. Se eu fosse escrever sobre isso também, o texto seria gigantesco!
      Mas valeu pela contribuição!
      Abração!

  4. Pego onda de pranchinha e também nunca entendi direito essa discriminação. Principalmente com os body boarders. Acho que isso não tem nada a ver, surf é surf. Pra surfar nem de prancha precisa, que digam os body surfers.

  5. MURILO

    Acho que esse preconceito não da para ser generalizado, mas o respeispeito tem que existir de ambos, ja vi casos de body e pranchão por terem algumas vezes uma remada mais rápida do que as pranchinhas, se aproveitar dessa situação, e ficar dando volta, sem respeitar o rodizio no pico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

dezesseis − 10 =