Surfista morre em Uluwatu

0dee49cc-1a7c-4828-be99-89b44d15aa42 3c0bcd77-b732-4eba-bb1f-d1b49f6fba58

 

Uluwatu começou com o surf, lá em 1971. O filme Morning of the Earth, do fotógrafo australiano Alby Falzon, revelou a descoberta de Uluwatu para o mundo e dalí para frente Bali — e o surf — nunca mais foram os mesmos. As cenas de Steve Cooney deslizando nas paredes lisas e intermináveis de Ulus — as primeiras ondas surfadas no pico — ecoaram por todo o universo do surf e deram início a uma era de exploração que dura até hoje. Em poucos anos, Bali tornou-se o destino mais desejado entre aqueles que sonhavam em viajar e surfar ondas absolutamente perfeitas. Mas Surfar Uluwatu não para qualquer um. Essa onda é muito perigosa e pode ser fatal. Procura sempre uma orientações dos locais, um guia ou amigo, antes de entrar no pico.

 

Dia 22 de abril de 2018 foi o primeiro dia do primeiro swell do ano em Bali na Indonésia porém o maior dia do swell foi hoje dia 23 com as ondas batendo de 8-10 pés em Uluwatu.
Poucos surfistas encaravam as bombas em Ulu, nas primeiras horas do dia. Os últimos relatos apontam para o desaparecimento de Jae Haydon, um australiano que se encontrava a surfar em Uluwatu dropando uma onda e depois do wipeout foi visto somente sua prancha boiando e ele não emergiu, talvez na hora do caldo ele tenha soltado o leash da sua perna pois a prancha estava puxando ele para o fundo, mas ele não conseguiu se salvar é morreu afogado.
No final da tarde o Local Aka Nugraha estava surfando a onda de impossibles e quando saiu do mar avistou o corpo na areia da praia.
Todos estão tristes com a perda de um surfista na praia de Uluwatu e fica sempre a dica de que devemos respeitar nossos limites sempre. Nestes últimos dias também há relatos de um surfista que morreu em Nusa Lembogan e de vários acidentes em Dreamland onde as pessoas parecem facilitar muito.
Nossos Pêsames para a família de Jae Haydon.

 

 

Swell desta semana @jeffry_surfphotograpy

Swell desta semana @jeffry_surfphotograpy

xxxxxxxxxxx
Em dias grandes, fica sempre a dica de que devemos respeitar nossos limites sempre. Foto Tonello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

quatro × dois =